Química

O qu√≠mico estuda a mat√©ria, sua composi√ß√£o e suas propriedades. Analisa subst√Ęncias e compostos, identifica suas caracter√≠sticas f√≠sico-qu√≠micas, como dureza ou toxicidade. Investiga como os compostos reagem √†s varia√ß√Ķes de press√£o e temperatura, entre outros fatores.

Em ind√ļstrias qu√≠micas, pesquisa, por exemplo, novos materiais, supervisiona a produ√ß√£o e aplica testes de qualidade. Al√©m disso, esse profissional elabora projetos de instala√ß√Ķes industriais e faz a manuten√ß√£o de equipamentos.

Fique de Olho

V√ĀRIAS OP√á√ēES PARA QU√ćMICA

Grande parte dos mais de 400 cursos de Química no país são licenciaturas. A maioria não tem habilitação. Entre os que têm enfoque específico, destacam-se os de Química industrial e Tecnológica. Outros são focados em um setor específico, como petróleo (UFRN) e ambiente (UFT, UFV-MG e Unesp Bauru e São José do Rio Preto).

A USP, em São Carlos, São Paulo e Ribeirão Preto, oferece as ênfases ambiental, tecnológica, alimentos, biotecnologia, forense, materiais, bioquímica e biologia molecular. A Unicamp tem licenciatura integrada em Química e Física.

O que você pode fazer

Ensino: dar aulas nos ensinos Fundamental e Médio.

Qu√≠mica ambiental: realizar vistorias, per√≠cias, avalia√ß√Ķes e pareceres e organizar medidas de conserva√ß√£o ambiental. Desenvolver e acompanhar t√©cnicas de tratamento de res√≠duos industriais. Monitorar e controlar riscos de contamina√ß√£o.

Qu√≠mica de alimentos: atuar no controle de qualidade, na pesquisa e no desenvolvimento de produtos em ind√ļstrias aliment√≠cias. Pesquisar a composi√ß√£o qu√≠mica de alimentos.

Gestão da Qualidade: desenvolver e aplicar sistemas e ferramentas para a gestão de qualidade e controle em Química.

Materiais: propor novos métodos de síntese e preparação de materiais para a engenharia e outros setores.

Pesquisa: trabalhar em universidades, institutos de pesquisa, ind√ļstria e √≥rg√£os do governo.

Química forense: realizar perícias e testes a partir de evidências, como impressão digital, para a resolução de crimes.

Qu√≠mica industrial e tecnol√≥gica: desenvolver produtos e tecnologias para a ind√ļstria relacionadas a composi√ß√£o, propriedades e transforma√ß√Ķes de subst√Ęncias.

Mercado de Trabalho

As áreas de atuação do químico são variadas: petroquímica, química fina, alimentos, papel e celulose, polímeros, fertilizantes, tintas, cosméticos, tratamento de água, esgoto e saneamento. Por ter um mercado amplo de atuação, ele encontra boas oportunidades de trabalho.

O setor de petróleo é um dos que demandam bacharéis, contratados para fazer o desenvolvimento de químicos usados nos processos de exploração de óleo e gás. Há boa procura por profissionais para a elaboração de laudos relativos a controle ambiental e de qualidade, de higiene sanitária e de análises clínicas. Outra possibilidade é atuar em marketing e vendas, conduzindo a negociação de produtos químicos. Um setor aquecido é o de pesquisa e desenvolvimento de biocombustíveis e de produtos químicos renováveis, como o plástico verde, obtido a partir do etanol.

As oportunidades estão nos polos petroquímicos de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul e no polo químico de Suape (PE). Há carência de professores de ciências naturais em todo o país, o que aumenta a demanda pelo licenciado. Segundo o Censo Escolar 2016, do Inep, 60% dos professores de química no Ensino Médio têm formação adequada à disciplina. Mas as demais vagas são ocupadas por licenciados de outras áreas, por bacharéis em química ou por profissionais sem formação superior.

Curso

O¬†bacharelado¬†d√° forma√ß√£o generalista nas quatro grandes √°reas da Qu√≠mica ‚Äď org√Ęnica, inorg√Ęnica, anal√≠tica e f√≠sico-qu√≠mica ‚Äď, com aulas te√≥ricas e em laborat√≥rio. A partir do terceiro ano, o aluno v√™ cin√©tica qu√≠mica, qu√≠mica experimental, an√°lise de solo e bioqu√≠mica.

Quem faz licenciatura cursa disciplinas pedagógicas.

Estágio e trabalho de conclusão são obrigatórios.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Ciên. (quím.); Ciên. da Natureza (quím.); Quím. Amb.; Quím. com Atribuição Tecnol.; Quím. de Alim.; Quím. do Petr.; Quím. Forense; Quím. Ind.; Quím. Tecnol.; Quím. Tecnol. e Ind.; Quím./Fís. (quím.).

 

Legenda:

Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ - Excelente

‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ ‚Äď Muito bom

‚ėÖ‚ėÖ‚ėÖ - Bom

CPC ‚Äď Conceito Preliminar de Curso¬†‚φ ‚Ď° ‚ĎĘ ‚Ď£ ‚ϧ¬†

O CPC √© o indicador do Minist√©rio da Educa√ß√£o que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele est√° informado na ficha do curso para todas as gradua√ß√Ķes que tinham esse indicador dispon√≠vel (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012).¬†

Cifr√Ķes ‚Äď Referem-se √†s faixas de pre√ßo da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor n√£o informado


Descubra agora sua Vocação com o curso de Química